Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net
Home / Notícias / Nacional / O PNR defende os nossos polícias dos “ladrões”

O PNR defende os nossos polícias dos “ladrões”

O Ministério Público (MP) acusa dezoito agentes da PSP de crimes de tortura, sequestro, injúria, ofensa à integridade física qualificada. Estes crimes têm a agravante de terem sido motivados pelo ódio e racismo contra seis jovens da Cova da Moura,  numa acusação sem precedentes em Portugal.

Num país em que está  tudo ao contrário, mais uma vez, o Ministério Público transforma-se em polícia política do regime, perseguindo os polícias e protegendo os “coitadinhos” que naquele bairro costumam receber os Agentes de Autoridade com insultos e agressões.

Era sabido que este governo nos iria dar umas «migalhas» nos ordenados, para depois nos cobrar o dobro em retrocessos civilizacionais, em falta de segurança e em perseguições a quem ousa enfrentá-los.

Com uma Justiça que não é independente do sistema, a ordem do dia é perseguir polícias e militares, aumentando sobre eles a repressão e dando sinais aos criminosos de impunidade e protecção.

O PNR, mais uma vez, está do lado das Forças de Segurança que, apesar de muito manietadas pelo poder político, ainda são a única protecção que temos da criminalidade, já que a justiça é branda, de mão-leve e complacente para com a canalha criminosa.

Veja também

Prioridades da Esquerda

Os partidos de Esquerda apenas aceitam que só haja indemnizações às vítimas dos incêndios, quando …