Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net
Home / Programa Político (Introdução)

Programa Político (Introdução)

Programa político do PNR

Nacionalismo, uma atitude de determinação e iniciativa

INTRODUÇÃO

Um programa nacionalista, virado para os portugueses

O Programa que o Partido Nacional Renovador apresenta, é um programa virado para Portugal e para os portugueses, que sempre foram esquecidos pelos sucessivos governos.

Hoje, Portugal confronta-se com uma das crises mais nefastas dos últimos tempos, amarrado a Bruxelas; assistimos ao desmantelamento do nosso tecido empresarial, pescas e agricultura, bem como a alienação de todos os sectores estratégicos para a economia e segurança nacional.

O resultado destas governações tem ficado patente pela forma de actuação dos sucessivos governos, mais privatizações, degradação dos serviços públicos e a acentuação do desemprego e injustiça social.

Aos portugueses, dizemos que o momento não é para parar, nem desistir, é preciso olhar para o futuro, com confiança e determinação. Sabemos, e os portugueses também o sabem, que é possível fazer mais e melhor. É imperativo ter um vislumbre mais atento, por quem mais precisa; sabemos que é imprescindível ouvir os portugueses.

Com o PNR, Portugal poderá rumar para um futuro promissor, uma governação feita de dentro para fora.

Nacionalismo, uma atitude de determinação e iniciativa

A mensagem que o PNR dirige aos portugueses, é uma mensagem de esperança. Uma esperança que se fundamenta no progresso económico e na regulamentação dos mercados financeiros e energéticos. Nós acreditamos que é possível romper com estas políticas europeístas, que nos transformaram num país prestador de serviços e refém de uma União Europeia que só serve os interesses de alguns.

A atitude de liderança política e a que se propõe ao país são decisivas. É necessário mobilizar as energias da sociedade, para superar as dificuldades actuais e prosseguir. Temos um programa capaz de responder aos mais de 40 anos de desgovernação, com políticas correctas, de prioridades claras e de soluções exequíveis, sempre em nome de Portugal e dos portugueses.

Prioridades para o futuro, um Estado forte e estratégico

No contexto actual, civilizacional, de permanente mutação e dúvida, de caos e incerteza, de destruição de valores, identidades, soberanias e economias, em que os desafios são inúmeros – das comunicações à geopolítica, da economia à tecnologia, do ambiente aos modelos sociais – cabe aos nacionalistas bater-se sempre pela essência dos Valores que defendemos e não obstinadamente por esta ou aquela fórmula.

A acção política do PNR assentará sempre na defesa inequívoca da Nação, que pressupõe o combate aos seus principais inimigos, como o Mundialismo, nas suas vertentes globalizantes capitalista e multicultural, o Eurofederalismo e o Regionalismo, assim como o repúdio de qualquer tentação iberista.

O PNR afina-se por uma política coerente de promoção dos valores ocidentais: defesa da Vida, da Família, da Solidariedade Social e da Comunidade, entendida como tendo um valor em si.

O Programa que o Partido Nacional Renovador apresenta aos portugueses, tem cinco prioridades fundamentais e muito claras. São elas:

  • Reindustrialização de Portugal e promover o emprego;
  • Reforçar a competitividade empresarial, regulando os mercados energéticos e o endividamento externo;
  • Valorizar e apoiar as pequenas e médias empresas;
  • Revitalizar as pescas e a agricultura;
  • Reformular as políticas sociais, qualificar os serviços públicos e reduzir as desigualdades entre os portugueses.

Para além da reindustrialização, daremos também especial atenção ao meio rural e às pescas. O território nacional é rico e diversificado, mas no qual as pescas tornaram-se vítimas de negligência, as zonas rurais ficaram ao abandono, num mundo, em que o aumento populacional (7 mil milhões em 2011 e 8,3 mil milhões em 2030) cada vez mais cria desequilíbrios no sector alimentar. A agricultura e as pescas, tornam-se assim, um dos grandes sectores estratégicos e vitais para a economia e independência nacional.

A nossa história é feita de batalhas e conquistas, grandes feitos que outrora fizeram de Portugal, aquilo que é hoje. Nem outra coisa se esperava, mas o poder capitalista, sobrepôs-se à vontade dos portugueses. O dinheiro, a corrupção, o desemprego, a fome e a miséria falam mais alto e é por essa razão que, para o PNR, o Estado terá de ser forte e estratégico, capaz de impor a sua autoridade sobre o poder do dinheiro.

  • Um Estado forte é inicialmente um estado livre
  • Um Estado forte defende e promove os valores humanos
  • Um Estado forte lidera a reindustrialização do seu país
  • Um Estado forte combate a corrupção
  • Um Estado Forte, não permite que os seus passem fome

O programa aqui apresentado traduz a visão estratégica que o PNR tem para Portugal, o qual assenta em ideias bastante claras:

  • Melhoria das condições de vida dos portugueses,
  • Devolver a confiança, credibilidade e a esperança no futuro e promover a recuperação nacional, o crescimento económico, o emprego, a solidariedade social, a saúde e a justiça.